Para Uber, carros autônomos ainda estão longe de substituir motoristas

Para Uber, carros autônomos ainda estão longe de substituir motoristas


Em evento nos EUA, o CEO da empresa, Travis Kalanick, disse que "as pessoas entenderam errado como essa tecnologia será lançada publicamente".

Seja um motorista da Uber, cadastre-se em www.goo.gl/W4QbS7
Seja passageiro e faça primeira corrida grátis: www.uber.com/invite/eu8yhue

O CEO do Uber, Travis Kalanick, afirmou nesta semana que os carros autônomos, tecnologia que a empresa começou a testar recentemente nos EUA, não vão substituir os motoristas humanos no futuro próximo. As informações são do The Verge.

Durante uma apresentação no evento Vanity Fair New Establishment Summit, em San Francisco, nos EUA, o executivo disse que a tecnologia ainda vai levar um tempo para estar amplamente disponível. “Acho que as pessoas entenderam errado como essa tecnologia será lançada publicamente. Vai levar um bom tempo antes que todos esses veículos autônomos estejam em todos os lugares onde precisam ir”, explicou Kalanick quando questionado sobre a aquisição pelo Uber da startup de tecnologia de direção autônoma para caminhões Otto.

Para o CEO do Uber, um modelo híbrido pode ser o ideal para daqui 10 ou 15 anos, quando a tecnologia de direção autônoma estiver mais desenvolvida e tiver uma legislação específica mais avançada. “Acho que existem muitos modelos diferentes sobre como isso pode funcionar”, afirmou. 

Fonte: Idgnow